Sigo palavras e busco estrelas.

FeLiCiDaDe

“Hoje quero lhes falar sobre felicidade. Ser feliz é saber compreender o que vai na alma de seu semelhante. Para isso é preciso desenvolver a atenção. Atenção principalmente para com as suas palavras. O que possa ferir não pode trazer felicidade, nem para si nem para o outro.

Felicidade é estarmos reunidos, irmanados, atados em um fio invisível que é o fio do Amor. O amor é o principal. Felicidade é saber esperar. Esperar o momento oportuno para tomarmos uma decisão, com consciência, tendo a certeza que tomamos a medida certa.

Felicidade é podermos nos comunicar e que essa comunicação seja efetiva. A troca é necessária para a Espiritualidade. Necessitamos de instrumentos para nos comunicarmos, portanto, muito temos que agradecer suas presenças.

Cada um deve distribuir as partículas de felicidade que trazem dentro de si e, com isso, proporcionar uma vida melhor para aqueles que de vocês se achegarem.

Felicidade é caridade. Um sentimento bom, abrangedor, domina aqueles que doam e, a cada dia, vão acumulando energia que será aumentada sempre.

Felicidade está contida em um abraço. Felicidade é percebermos o crescimento de uma criança, é percebermos nosso próprio desenvolvimento.

Feliz daquele que se conscientiza de suas responsabilidades e promove a união familiar, conserva seus amigos, faz parte integrante, ativa, na sociedade.

Felicidade é saber sorrir e acatar o sofrimento sem, contudo, aceitá-lo como definitivo.

Procurar sempre o lado positivo de todas as situações. Quando o amor domina, tudo transcorre bem. Sempre é tempo de mudança. Comecem hoje a reverem suas vidas. Está em suas mãos a felicidade.

Os bons amigos espirituais, seus guias, os Mestres estão sempre disponíveis para ajudá-los. A oração, as preces sinceras aproximam os bons espíritos.

Orem, orem muito pela paz, verdadeira, consciente, que é o respaldo para a sua felicidade.

O que mais desejamos é que a alegria de viver abra seus caminhos para levarem sua missão até o fim e, desta forma, torná-la mais suave.

Pa. Muita paz.

Que a falange do nosso bom Francisco acompanhe a todos.”

Do livro “Auto-Ajuda x Alto-Ajuda” por Cely Durão, Mensagens Psicografadas de Francisco Cipriano e Irmã Germana.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s