Sigo palavras e busco estrelas.

AlEgRiA

“Hoje quero lhes falar sobre alegria. A alegria inerente à natureza humana, expressa nos primeiros anos de nossas vidas, na naturalidade das crianças que deixam transparecer seu interior da forma como ao mundo chegaram: cheias de alegria. O estado de felicidade conduz o espírito a realizações acertadas. A alegria atrai os bons espíritos que só conseguem se achegar quando os corações estão plenos de amor, amansados, livres de sentimento de revolta ou de desamor.

A falsa alegria, a euforia provocada por ingestão de álcool ou qualquer outro meio é passageira e, como todos sabem, tem efeito contrário, prejudicando seus corpos e, principalmente seus espíritos. A alegria pode ser ensinada, transmitida, aumentada, repassada. A alegria proporciona paz, atrai forças positivas. Na beleza distribuída por toda a natureza está contida a alegria que proporciona a quem a contempla, o sentimento de prazer.

Esmoreçam suas aflições, procurem meios de transformar situações de conflito ou de desespero em momentos de reflexão para que não se deixem dominar por elas. Obviamente, diante de problemas sérios, de crise, não se pode estar feliz, mas nunca a revolta pode dominar seus interiores. O tempo lhes dirá.

A alegria dos pássaros, da música, das artes, penetra nos seres humanos e os eleva a planos superiores. A alegria das preces que reforçam a fé, a esperança de poderem superar suas dores.

Procurem meios de buscar a felicidade, de amansar seus próprios espíritos, de induzir outras pessoas a agirem de forma positiva.

A alegria de ser livre em seus pensamentos, do livre-arbítrio que lhes foi concedido para que decidam o melhor para suas vidas. Liberdade para a escolha do caminho. A alegria de poder conduzir seus próprios passos. Alegria maior em saber que estão protegidos, que podem contar com a ajuda dos bons espíritos e de irmãos dispostos a tornar seu viver mais feliz.

Na família são ensinados os primeiros passos da felicidade. Cuidem de cultivá-la. O retorno é inevitável. Plantem o amor. A delicadeza no tratar torna a pessoa bem vinda em qualquer lugar.

A atenção para com tudo e com todos é bem recebida por quem tanto necessita.

Resistam, sempre que a tristeza tomar conta de suas mentes, para que possam afastá-la, ultrapassá-la.

Nem por um momento, Francisco de Assis, em sua vida de grandes lutas, deixou que a alegria escapasse de sua mente. Espalhou-a por onde passou, contaminando, fazendo com que a felicidade imperasse, principalmente quando lembrava o quant0 Jesus amou e mostrou como a bondade e a fé trazem alegria a quem as carrega em si.

Sejam felizes. Fiquem em paz.

Que Jesus e os bons Espíritos os protejam sempre.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s