Sigo palavras e busco estrelas.

Um passo de cada vez…

Where to Now por Francisca Ribeiro

“A questão que temos de colocar é: Existe em nós uma realidade mais profunda que a nossa recusa mais profunda, que os nossos medos? É preciso encontrar a confiança original. Maria é o estado de confiança original. (…) Assim, para os Antigos, Maria é o sim original. E esse sim é mais profundo que todos os nossos nãos. Trata-se de reencontrar em nós mesmos aquilo que diz sim à vida, quaisquer que sejam as formas que esta vida tomar. (…)”
Caminhos de Realização, Jean-Yves Leloup

Let your heart guide you por Francisca Ribeiro

Why do you want a reason for being? (Laughter). You are here. And because you are here and don’t understand yourself, you want to invent a reason. You know, Sir, when you look at a tree or the clouds, the light on the water, when you know what it means to love, you will require no reason for being….. Then all the museums in the world and all the concerts will have only secondary importance. Beauty is there for you to see, if you have the mind and the heart to look-not out there in the cloud, in the tree, in the water, in the thing, but in yourself.

What is important is not to follow anybody but to understand oneself. If you go into yourself without effort, fear, without any sense of restraint, and really delve deeply, you will find extraordinary things; and you don’t have to read a single book….

In oneself  lies the whole world, and if you know how to look and learn, then the door is there and the key is in your hand. Nobody on earth can give you either that key or the door to open, except yourself.” Krishnamurti

Olá queridos!

Estamos de volta, eu, as mensagens e todo o povo espiritual que apóia a idéia!

Quando propus esse tempinho de reflexão era pra olharmos um pouquinho sobre as nossas dores e limitações e a forma como as encaramos. O quanto queremos justificar o injustificável. A vida está aí pra ser vivida, com todas as suas cores, todas as suas dores. Nada é perfeito e ninguém é perfeito.

Venho notando nesses últimos meses uma procua maior por temas como confiança, sinceridade. Quando digo que o amor renova, precisamos encará-lo como algo pleno, puro, pra podermos vivê-lo em toda a sua potencialidade. Como confiar desconfiando?!

Tudo passa, tudo se renova. É pela confiança de que não estamos sós que podemos superar todas as dores. Pensem na confiança de Maria ao carregar Jesus, na confiança depositada no Pai. Nossa vida já é uma vitória, e cada momento seja ele de dor ou de alegria, devemos encará-lo como um momento de crescimento e de puro amor! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s